Condições de saúde mental e qualidade de vida de taxistas

Mental health conditions and quality of life of taxi drivers

Condiciones de la salud mental en la calidad de vida de taxistas

  • Edison Vitório de Souza Júnior Graduando em Enfermagem pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
  • Sarah Rodrigues Silva Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
  • Bruno Gonçalves de Oliveira Enfermeiro, Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB
  • Eliane dos Santos Bomfim Enfermeira, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB
  • Rita Narriman Silva de Oliveira Boery Enfermeira, Professora Doutora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB
  • Eduardo Nagib Boery Enfermeiro, Professor Doutor do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB
Palabras clave: Calidad de vida, Nivel de salud, Salud del trabajador
Key-words: Quality of Life, Level of health, Worker’s health
Palavras chave: Qualidade de vida, Nível de saúde, Saúde do trabalhador

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Moretti S, Treichel A. Qualidade de vida no trabalho x Auto-realização humana. Revista Leonardo Pós. 2003 [citado 2016 ago 01]; 1(3):1-14. Disponível em: http://www.icpg.com.br/artigos/rev03-12.pdf.
2. Cavalcante MA, Bombig MTN, Luna Filho B, Carvalho ACC, Paola AVV, Póvoa R. Qualidadde de vida de pacientes hipertensos em tratamento ambulatorial. Arq. Bras. Cardiol. 2007; 89(4): 245- 250. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext&pid=S0066-782X2007001600006
3. Minayo MCS, Hartz ZMA, Buss, PM. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Ciência & Saúde Coletiva. 2000; 5(1): 7-18. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v5n1/7075.pdf
4. Moreira HR et al. Qualidade de vida do trabalhador docente em educação física do magistério público estadual do Paraná. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum. 2010; 12(6): p.435-42. Disponível em: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/ view/8690/7644
5. Pereira LZ, Zille GP. O estresse no trabalho: uma análise teórica de seus conceitos e suas inter-relações. Gestão e Sociedade. 2010; 4(7): 414-434. Disponível em: https://www.gestaoesociedade.org/gestaoesociedade/ article/view/923
6. Luna JS, Souza OFS. Sintomas osteomusculares em taxistas de Rio Branco, Acre: prevalência e fatores associados. Cad. Saúde Colet. 2014; 22 (4): 401-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cadsc/ v22n4/1414-462X-cadsc-22-04-00401.pdf
7. Carvalho ARN. Análise de ocorrência da síndrome de burnout em motoristas de taxi de uma empresa de rádio-taxi da cidade de Aracaju/ SE [dissertação]. São Paulo: Universidade Paulista; 2012.
8. Galdino F, Bento FD, Almudi G, Silva VFM, Catai RE. Análise ergonômica no trabalho de taxistas. Fiep Bulletin. 2015 [citado 2016 ago 15]; 85(n°esp.). Disponível em: http://www.fiepbulletin.net/index. php/fiepbulletin/article/view/85.a1.104.
9. Souza CS. Análise da ocorrência da síndrome de burnout em motoristas de ônibus intermunicipais da baixada santista [dissertação] [internet]. Maceió: Universidade Paulista; 2013. [acesso em 2017 jun 08]. Disponível em: http://netrantransito.com.br/arq_download/ MONOGRAFIA%20DE%20CIBELE%20SANTOS%20FINAL_2.pdf
10. Harding TW, Arango MV, Baltazar J, Climent CE, Ibrahim HHA, Ladrido-Ignacio L. Mental disorders in primary health care: a study of their frequency and diagnosis in four developing countries. Psychol Med. 1980; 10(2): 231-41.
11. Gonçalves DM, Stein AT, Kapczinski F. Avaliação de desempenho do Self-Reporting Questionnaire como instrumento de rastreamento psiquiátrico: um estudo comparativo com o Structured Clinical Interview for DSM-IV-TR. Cad. Saúde Pública. 2008; 24(2): 380-390. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/csp/v24n2/16.pdf
12. Barbosa GB, Correia AKS, Oliveira LMM, Santos VC, Ferreira SMS Martins Junior DF et al. Trabalho e saúde mental dos profissionais da Estratégia Saúde da Família em um município do Estado da Bahia, Brasil. Rev. bras. Saúde ocup. 2012; 37 (126): 306-315. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbso/v37n126/a12v37n126.pdf
13. Teixeira JRB, Boery EN, Casotti CA, Araújo TM, Pereira R, Ribeiro IJS et al. Associação entre aspectos psicossociais do trabalho e qualidade de vida de mototaxistas. Cad. Saúde Pública. 2015; 31(1):97-110. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csp/v31n1/0102-311Xcsp- 31-01-00097.pdf
14. Mônica Dantas Farias; Tânia Maria de Araújo; Transtornos mentais comuns entre trabalhadores da zona urbana de Feira de Santana-BA. Rev. bras. Saúde ocup. 2011; 36 (123): 25-39. Disponível em: http:// www.scielo.br/pdf/rbso/v36n123/a04v36n123.pdf
15. Oliveira BG, Ribeiro IJS, Bomfim ES, Boery RNSO, Casotti CA, Boery EN. Saúde cardiovascular e qualidade de vida de mototaxistas. Arq. Ciênc. Saúde. 2015; 22(1) 33-38. Disponível em: http://www. cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/30/24
16. Oliveira BG, Nascimento TLRG, Teixeira JRB, Nery AA, Casotti CA, Boery EM. Influência da condição de trabalho na qualidade de vida de taxistas. Revista Baiana de Enfermagem, Salvador. 2016; 30(1): 365- 74. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/ article/view/14138/pdf_35
17. Ferreira SS, Alvarez D. Organização do trabalho e comprometimento da saúde: um estudo em caminhoneiros. Revista Eletrônica Sistemas & Gestão. 2013; 8(1): 58-66. Disponível em: http://www.revistasg.uff.br/ index.php/sg/article/viewFile/V8N1A5/V8N1A5
18. Massonl VA, Monteiro MI. Estilo de vida, aspectos de saúde e trabalho de motoristas de caminhão. Rev Bras Enferm. 2010; 63(4): 533-40. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n4/06.pdf
19. Pitanga FJG, Lessa I. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo no lazer em adultos. Cad. Saúde Pública. 2005; 21(3): 870-77. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v21n3/21.pdf
20. Cooper CL, Marshall J. Occupational sources of stress: a review of the literature relating to coronary heart disease and mental ill health. In: Cooper CL, editor. From stress to wellbeing: the theory and research on occupational stress and wellbeing. London: Palgrave Macmillan; 2013. p. 3-23.
21. Ramon AS. Vida de caminhoneiro: sofrimento e paixão [dissertação] [internet]. Campinas: Pontífica Universidade Católica; 2015. [acesso em 2017 jun 08]. Disponível em: http://tede.bibliotecadigital.puccampinas. edu.br:8080/jspui/bitstream/tede/351/1/RAMON%20 ARAUJO%20SILVA.pdf
22. Neumann VN, Freitas MÉA. Qualidade de vida no trabalho: percepções da equipe de enfermagem na organização hospitalar. REME: Rev Min Enferm. 2008; 12 (4): 531-37. Disponível: http://www.reme.org.br/ artigo/detalhes/298
23. Costa RP, Ferreira PAM, Monteiro Junior FC, Ferreira ASP, Ribeiro VS, Nascimento GC et al. Fatores de Risco Cardiovascular e sua Relação com o Nível de Escolaridade numa População Universitária. Int J Cardiovasc Sci. 2015; 28(3):234-43. Disponível em: http://www. onlineijcs.org/sumario/28/pdf/v28n3a10.pdf
24. Amorim CR, Araújo EM, Araújo TM, Oliveira NF. Acidentes de trabalho com mototaxistas. Rev Bras Epidemiol. 2012; 15(1):25-37. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v15n1/03.pdf
25. Silva DW, Andrade SM, Soares DA, Nunes EFPA, Melchior R. Condições de trabalho e riscos no trânsito urbano na ótica de trabalhadores motociclistas. Physis. 2008; 18(2): 339-360. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/physis/v18n2/v18n2a08.pdf
26. Moura Neto AB, Silva MC. Diagnóstico das condições de trabalho, saúde e indicadores do estilo de vida de trabalhadores do transporte coletivo da cidade de Pelotas - RS. Rev bras ativ fis e saúde. 2012; 17 (5):347-58. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index. php/RBAFS/article/view/2174/pdf6
27. Fleck MP, Louzada S, Xavier M, Chachamovich E, Vieira G, Santos L et al. Aplicação da versão em português do instrumento abreviado de avaliação da qualidade de vida “WHOQOL-bref ”. Rev. Saúde Pública. 2000; 34(2): 178-183. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102000000200012
28. Maina GM, Caine V. Resisting occupational gender stereotypes: experiences of taxi women conductors in Kenya. Gender & behav. 2013;11(2):5546-55

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Júnior, Edison Vitório de Souza; Silva, Sarah Rodrigues; Oliveira, Bruno Gonçalves de; Bomfim, Eliane dos Santos; Boery, Rita Narriman Silva de Oliveira; Boery, Eduardo Nagib. Condiciones de la salud mental en la calidad de vida de taxistas. Revista De Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2019; 11(4): 998-004. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P9981004 [acceso: 19/11/2019]
Sección
Pesquisa
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: