Necessidades de conforto de pacientes atendidos no serviço de urgência e emergência: implicações para enfermagem

Patient comfort needs in emergency and emergency care: implications for nursing

Necesidades de comodidad de pacientes atendidos en el servicio de urgencia y emergencia: implicaciones para enfermería

  • Keila Maria de Azevedo Ponte Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Mestre e Doutora em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), Professora Adjunta do Departamento de Enfermagem da UVA
  • Francisco Elinaldo Santiago Bastos Graduado em Enfermagem pela UNINTA, Especialista em Urgência e Emergência Adulta e Pediátrica pela Faculdade Ítalo Brasileira (FIB), Especialista em Obstetrícia e Neonatologia pelo Instituto Lato Sensu Sobral-CE, Enfermeiro Supervisor da UNINTA e Hospital e Maternidade Dr. José Evangelista de Oliveira de Ipu/CE
  • José Garcia de Sousa Graduado em Farmácia pela UNINTA, Especialista em Farmácia Clínica e Assistência Farmacêutica pela Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ), Especialista em Gestão de Assistência Farmacêutica pela Universidade Cândido Mendes, Supervisor Farmacêutico da UNINTA
  • Maria Gabriela Miranda Fontenele Graduado em Enfermagem pela UNINTA, Especialista em Saúde Pública pela FIB, Bolsista em Educação Continuada pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de Sobral/CE
  • Otávia Cassimiro Aragão Graduada em Enfermagem pela UVA, Mestre em Ciências da Educação pela Universidade San Lorenzo (UNISAL), Mestranda em Saúde da Família pela Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família (RENASF-UVA), Especialista em Saúde Pública pela UVA, Especialista Licenciatura em Educação à Distância pela UNINTA, Especialista em Gestão da Qualidade em Ambientes Hospitalares pela Escola de Saúde Pública do Ceará, Enfermeira da Regional Norte de Sobral/CE (HRN), Coordenadora do Curso de Formação Contínua na Secretária da Saúde do Município de Forquilha/CE
Palabras clave: Paciente, Emergencia, Enfermería
Key-words: Patient, Emergency, Nursing
Palavras chave: Paciente, emergência, enfermagem

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Freitas KS, Menezes IG, Mussi FC. Conforto na perspectiva de familiares de pessoas internadas em unidade de terapia intensiva. Texto Contexto Enferm. 2012; Out-Dez; 21(4): 896-904.
2. Silva AL, Silva LF, Souza IEO, Moreira RVO. Mulher cardiopata com úlcera por pressão: reflexão fenomenológica sobre um modelo de cuidado clínico de conforto. Esc Anna Nery. 2013; Jan-Mar; 17 (1): 168-72.
3. Potter PA, Perry AG. Fundamentos de enfermagem. 7a ed; Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.
4. Ponte KMA, Silva LF. Implementação do método pesquisa-cuidado com base na teoria do conforto: relato de experiência. Cienc Cuid Saude. 2014; Abr-Jun; 13(2): 388-93.
5. Martins JT, Bobroff MCC, Andrade AN, Menezes GDO. Equipe de enfermagem de emergência: riscos ocupacionais e medidas de autoproteção. Rev enferm UERJ. 2014; Mai-Jun; 22(3): 334-40.
6. Figueiredo NMA, Vieira AAB. Urgência e emergência: atendimentos e cuidados de enfermagem. 5a ed; São Caetano do Sul: Yendis Editora, 2012.
7. Alves DP. Arquitetura Hospitalar: conceito de ambiência no processo de humanização do edifício de saúde; Joinville. Monografia [Graduação em Tecnologia da Gestão Hospitalar] – Instituto Federal de Educação de Santa Catarina, 2015.
8. Duro CLM, Lima MADS. O papel do enfermeiro nos sistemas de triagem em Urgência e Emergências: análise da literatura. Online Brazilian Journal of Nursing. 2010; Jun 9(3): 01-12.
9. Santos JLG, Lima MADS, Pestana AL, Garlet ER, Erdmann AL. Desafios para a gerência do cuidado em urgência e emergência na perspectiva de enfermeiros. Acta Paul Enferm. 2013; 26(2): 136-43.
10. Jorge VC, Barreto MS, Ferrer ALM, Santos EAQ, Rickli HC, Marcon SS. Equipe de enfermagem e detecção de indicadores de agravamento em pacientes de pronto-socorro. Esc Anna Nery. 2012; Out-Dez; 16(4): 767-74.
11. Dugas BW. Enfermagem prática. 4a ed; Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2008.
12. Almeida OSC, Gama ER, Bahiana PM. Humanização do parto: a atuação dos enfermeiros. Revista Enfermagem Contemporânea. 2015; Jan-Jun; 4(1):79-90.
13. Camargo FCM, Lima RFS, Santos AM, Silva LR, Santos IMM. A aplicabilidade da teoria do cuidado cultural por enfermeiras nos periódicos de saúde do Brasil (1992–2011). Rev Fund Care Online. 2014; Out-Dez; 6(4):1743-55.
14. Silva FVF. Processo de enfermagem com vistas ao cuidado clínico de conforto do paciente com insuficiência cardíaca no domicílio. Fortaleza. Dissertação [Mestrado de Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde] – UECE; 2013.
15. Durante ALTC, Tonini T, Armini LR. Conforto em cuidados paliativos: o saber-fazer do enfermeiro no hospital geral. Rev enferm UFPE on line. 2014; Mar; 8(3): 530-6.
16. Souza SS, Costa R, Shiroma LMB, Maliska ICA, Amadigi FR, Pires DEP et al. Reflexões de profissionais de saúde acerca do seu processo de trabalho. Rev Eletr Enf [Internet]. 2010; Set; 12(3):449-55.
17. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12a ed; São Paulo: Hucitec, 2010.
18. Garcia VM, Reis RK. Perfil de usuários atendidos em uma unidade não hospitalar de urgência. Rev bras enferm. 2014; Mar-Abr; 67(2): 261-7.
19. Barreto RF, Gomes CZL, Silva RM, Signorelli AAF, Oliveira LF, Cavellani CL et al. Avaliação de dor e do perfil epidemiológico, de pacientes atendidos no pronto-socorro de um hospital universitário. Rev Dor. 2012; Jul-Set; 13(3): 213-9.
20. Guedes MVC. Henriques ACPT, Lima MMN. Acolhimento em um serviço de urgência e emergência: percepção dos usuários. Rev bras enferm. 2013; Jan-Fev; 66 (1): 31-7.
21. Oliveira ANS, Moura JGL, Bezerra KS, Moura, LA, Mendes RNC, Gomes JO. O perfil clínico epidemiológico dos usuários da rede de urgências no interior de Pernambuco. Rev pesqui cuid fundam (Online). 2013; Abr-Jun; 5(2): 3601-7.
22. Ohara R, Melo MRAC, Laus AM. Caracterização do perfil assistencial dos pacientes adultos de um pronto socorro. Rev bras enferm. 2010; Sep- Out; 63(5): 749-54.
23. Bastos FES, Ponte KMA, Sousa JG. Diagnósticos, sinais e sintomas de pacientes em unidade de urgência e emergência: Estudo bibliográfico. Essentia. 2015; Jan-Jun; 16(2): 81-103

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Ponte, Keila Maria de Azevedo; Bastos, Francisco Elinaldo Santiago; Sousa, José Garcia de; Fontenele, Maria Gabriela Miranda; Aragão, Otávia Cassimiro. Necesidades de comodidad de pacientes atendidos en el servicio de urgencia y emergencia: implicaciones para enfermería. Revista De Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2019; 11(4): 925-30. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P925930 [acceso: 17/07/2019]
Sección
Pesquisa
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: