Percepciones de puerperas acerca del cuidado de enfermería recibido en lo post-parto inmediato

Perceptions of puerperas about nursing care received in the immediate post-breastfeeding

Percepções de puérperas acerca do cuidado de enfermagem recebido no pós-parto imediato

  • Nayara Sousa de Mesquita
  • Dafne Paiva Rodrigues Universidade Estadual do Ceará (UECE) (Ceará, Brasil)
  • Alana Santos Monte Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNLILAB) (Ceará, Brasil)
  • Ana Lidia de Araujo Ferreira Universidade Estadual do Ceará (UECE) (Ceará, Brasil)
  • Caroline Pontes Cavalcante Manguinho Universidade Estadual do Ceará (UECE) (Ceará, Brasil)
  • Jéssica Cunha Brandão Universidade Estadual do Ceará (UECE) (Ceará, Brasil)
Palabras clave: Período de postparto, Alojamiento conjunto, Atención de enfermería
Key-words: Postpartum period, Rooming-in care, Nursing care
Palavras chave: Período pós-parto, Alojamento conjunto, Cuidados de enfermagem

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Rezende Filho J, Montenegro CAB. Obstetrícia fundamental. 12. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011. 724p.
2. Mazzo MHSN, Brito RS, Santos FAPS. Atividades do enfermeiro durante a visita domiciliar pós-parto. Rev enferm UERJ. 2014; 22(5):663-7.
3. Souza ABQ, Fernandes BM, Diretriz para assistência de enfermagem: ferramenta eficaz para a promoção da saúde no puerpério. Rev Rene. 2014; 15(4):594-604.
4. Fernandes DNC, Quitete JB, Monteiro JAMB, Maia SG, Silva TPN, Oliveira DM. Profile of attention to the delivery in a public hospital: nursing assistance. J Nurs UFPE. 2015; 10(2):407-12.
5. Silva U, Fernandes BM, Paes MSL, Souza MD, Duque DAA. Nursing Care experienced by woman during the child-birth in the humanization perspective. J Nurs UFPE [on line]. 2016. [Acesso em: 05/08/2015];10(4):1273-9.Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/ revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/9267/pdf_10047.
6. Ministério da Saúde (BR). Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento. Brasília: Ministério, 2002.
. Santos AHL, Nicácio MC, Pereira ALF, Oliveira TCM, Progianti JM. Práticas de assistência ao parto normal: formação na modalidade de residência. Rev enferm UFPE [on line]. 2017. [Acesso em: 13/02/2017]11(1):1-9. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/ revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/9963/pdf_2080.
8. Fontanella JB, Luschesi BM, Saidel MGB, Turato ER, Melo DG. Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Cad Saúde Pública.2011; 27(2):389-94.
9. Ministério da Saúde (BR), Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União, Brasília (DF); 2013.
10. Bardin L. Análise de Conteúdo. 6ºed.Lisboa: Edições 70 Persona,2011.
11. Barbieri CM, Bercini LO, Brondani KJM, Ferrari RAP, Tacla MTGM, Anna FLS. Aleitamento materno: orientações recebidas no pré-natal, parto e puerpério. Semina cienc. biol. saude.Ago2015; 36(1):17-24.
12. Maranhão TA, Gomes KRO, Silva JMN. Fatores que influenciam as relações familiares e sociais de jovens após a gestação. Cad Saúde Pública. Maio, 2014. 30(5):998-1008.
13. Melo JKF, Davim RMB, Silva RRA. Vantagens e desvantagens do parto normal e cesariano: opinião de puérperas. Rev de pesquisa cuidado é fundamental online. Outubro-novem, 2015 [acesso em:22/11/2015]; 7(4):3197-3205. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/ cuidadofundamental/article/view/3635/pdf_1694.
14. Enderle CF, Kerber NPC, Lunardi VL, Nobre CMG, Mattos L, Rodrigues EF. Condicionantes e/ou determinantes do retorno à atividade sexual no puerpério. Rev Latino-Am Enfermagem [Internet]. Maio-jun. 2013 [acesso em: 25/12/2015]; 21(3):[07 telas]. Disponível em: http://www. scielo.br/pdf/rlae/v21n3/pt_0104-1169-rlae-21-03-0719.pdf
15. Guerreiro EM, Rodrigues DP, Queiroz ABA, Ferreira MA. Educação em saúde no ciclo gravídico-puerperal: sentidos atribuídos por puérperas. Rev Bras Enferm. [online]. 2014 [acesso em: 04/04/2015]; 67(1):13-21. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v67n1/0034-7167- reben-67-01-0013.pdf.
16. Ribeiro DHF, Lunardi VL, Gomes GC, Xavier DM, Chagas MCS. Vivências de cuidado da mulher: a voz das puérperas.Rev enferm UFPE [on line]. Abril, 2014 [acesso em 12/05/2015]; 8(4):820-6. Disponível em: https://periodicos. ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/download/9748/9861
17. Cassiano NA, Araújo MG, Holanda CSM, Costa RKS. Percepção de enfermeiros sobre a humanização na assistência de enfermagem no puerpério imediato. Rev pesqui cuid fundam. [Online] Jan-mar. 2015 [acesso em: 07/09/2015]; 7(1):2051-60. Disponível em:http://www. seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3674/ pdf_1453.
18. Rodrigues DP, Dodou HD, Lago PN, Mesquita NS, Melo LPT, Souza AAS. Cuidados ao binômio mãe e filho no puerpério imediato: estudo descritivo. Online braz j nurs. [internet] Jun, 2014 [acesso em 10/02/2015]; 13(2):227-38. Disponível em: www.objnursing.uff.br/ index.php/nursing/article/download/4231/pdf_14.
19. Camillo BS, Nietsche EA, Salbego C, Cassenote LG, Osto DSD, Bock A. Ações de educação em saúde na atenção primária a gestantes e puérperas: revisão integrativa.Rev enferm UFPE [on line] Dez 2016 [acesso em 05/01/2017]; 10(6):4894-901. Disponível em: http:// www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/ view/8573/pdf_2024.
20. Silveira V da, Silva KC, Hertel VL. Sistematização da assistência de enfermagem na saúde da família: percepção dos acadêmicos de enfermagem. Rev Enferm UFPE [online] Nov, 2016 [acesso em:02/02/2017]; 10(11):3892-900. Disponível em:http://www.revista.ufpe.br/ revistaenfermagem/index.php/revista/article/viewFile/8240/pdf_11308
21. Jorge HMF, Hipólito MCV, Masson VA, Silva RM. Assistência prénatal e políticas públicas de saúde da mulher: revisão integrativa. Rev BrasPromoç Saude. Jan - mar, 2015; 28(1): 140-8. 22. Monte AS, Rodrigues DP. Percepção de profissionais de saúde e mulheres sobre a assistência humanizada no ciclo gravídico-puerperal. Rev Baiana Enferm. Set-dez, 2013; 27(3): 265-76.
23. Souza TA, Mattos DV de, Matão MEL, Martins CA. Sentimentos vivenciados por parturientes em razão da inserção do acompanhante no processo parturitivo. Rev EnfermUFPE [online]Dez 2016 [acesso em: 05/02/2017]; 10(6):4735-40.Disponívelem: http://www.revista.ufpe.br/ revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/9680/pdf_1959

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Mesquita, Nayara Sousa de; Rodrigues, Dafne Paiva; Monte, Alana Santos; Ferreira, Ana Lidia de Araujo; Manguinho, Caroline Pontes Cavalcante; Brandão, Jéssica Cunha. Percepciones de puerperas acerca del cuidado de enfermería recibido en lo post-parto inmediato. Revista De Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2019; 11(1): 160-6. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P111160 [acceso: 20/02/2019]
Sección
Pesquisa
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: