Perfil dos pacientes submetidos a tratamento hemodialítico em uma clínica em Teresina

Profile of patients submitted to hemodialytic treatment in a Theresinclinic

Perfil de los pacientes sometidos a tratamientoen una clínica de hemodiálisisTeresina

  • Érica Costa Santana Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
  • Maria do Socorro Carvalho Silva Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
  • Thalita Ribeiro Gomes da Silva Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
  • Adelia Dalva da Silva Oliveira Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
  • Ivonizada Pires Ribeiro Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
  • Maria Zélia de Araújo Madeira Centro Universitário Uninovafapi (Teresina, Brasil)
Palabras clave: Perfil de salud, La hemodiálises, Insuficiencia renal
Key-words: Health profile, Hemodialysis, Renal insufficiency
Palavras chave: Perfil de saúde, Hemodiálise, Insuficiência renal

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Bartmann, M. Enfermagem Cirúrgica. Rio de Janeiro: Editora Senac, 2010.
2. IBGE. Censo Demográfico de 2010. Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.[Internet]. 2010[acesso em 2016 nov 24]. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatística/população/ censo2010>.
3. SBN- Sociedade brasileira de nefrologia, senso de 2013. [Internet]. 2013 [acesso em 2016 nov 24].Disponível em: http://arquivos.sbn.org. br/pdf/censo_2013-14-05pdf.
4. Mello DB, Moreira MCN, Batista LE. O protagonismo de jovens com DRC e a dádiva na construção da saúde. SaudSoc[Internet].2016[acesso em 2016 dez 13]; 41(1):979-84. Disponível em:http://dx.doi. org/10.1590/S0104-12902016138331.
5. Frazão CMFQ, Delgado MF, Araújo MGA, Silva FBBL, Sá JD, Lira ALBC. Cuidados de enfermagem ao paciente renal crônico em hemodiálise. Rev Rene [Internet].2014 [acesso em 2017 jan 13]; 15(4):701-9. Disponível em:http://dx.doi.org/10.15253/2175- 6783.2014000400018.
6. Falcão RA. Atribuições da enfermagem nas principais intercorrências durante a sessão de hemodiálise. Porto Alegre: UFRGS; 2010.
7. Santana SS, Fontenelle T, Magalhães LM. Assistência de enfermagem prestada aos pacientes em tratamento hemodialítico nas unidades de nefrologia. RevCien ITPAC. 2013; 6(3):1-11.
8. Abto- Associação de Transplante de Órgão. Diretrizes básicas para captação e retirada de órgãos e tecidos da associação brasileira de transplante de órgão. São Paulo, 2009.144p.
9. Ministério da Saúde (BR). Resolução, 466. Conselho Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde, que impõe revisões periódicas a ela, conforme necessidades nas áreas tecnocientífica e ética. Brasília, 2012. [acesso em 06 nov 2016]. Disponível: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/ saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html.
10. Rocha EM, Medeiros ADL, Rodrigues KSLF, Cruz JPM, Siqueira MFC, Farias EFN, Lemes AG. A política nacional de saúde do homem e os desafios de sua implementação na atenção primária à saude. RevEletr UNIVAR. 2016;15(1):43-48.
11. Franco MR, Fernandes NM. Diálise no paciente idoso: um desafio do século XXI - revisão narrativa. J BrasNefrol. [Internet].2013 [acesso em 2017 fev 03]; 35(2):132-141. Disponível: http://dx.doi. org/10.5935/0101-2800.20130022
12. Pessoa NR, Linhares FM. Pacientes em hemodiálise com fístula arteriovenosa: conhecimento, atitude e prática. Esc Anna Nery RevEnferm[Internet]. 2015[acesso em 2017 mar 03];19(1):73-79. Disponível: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20150010
13. Araújo JBD, Neto VLDS, Anjos EUD, Silva BCOD, Rodrigues IDCV, Costa CDS. Cotidiano de pacientes renais crônicos submetidos à hemodiálise: expectativas, modificações e relações sociais. Rev. pesqui. cuid. Fundam, [Internet]. 2016 [acesso em 2017 abril 23]; 8(4): 4996-5001. Disponível:http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2016. v8i4.4996-5001.
14. Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Martins CT. Inquérito Brasileiro de Diálise Crônica 2014. J BrasNefrol[Internet]. 2016[acesso em 2017 jan 23];38(1):54-61. Disponível: http://dx.doi. org/10.5935/0101-2800.20160009.
15. Madeiro AC, Machado PDLC, Bonfim IM, Braqueais AR, Lima FET. Adesão de portadores de insuficiência renal crônica ao tratamento de hemodiálise. Acta Paul Enferm. 2010; 23(4):546-51.
16. Moreira AG, Araújo ST, Torchi TS. Preservação da fístula arteriovenosa: ações conjuntas entre enfermagem e cliente. Esc Anna Nery RevEnferm [Internet]. 2013[acesso em 2017 abril 23];17(2):256- 262. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452013000200008
17. BRASIL. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.
18. Pereira OR, Fernandes JS, Menegaz TN. Avaliação do tempo de maturação das fistulas rádio-cefálicas para hemodiálise. Arq. Catarin. Med. 2016; 45(2):02-10

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Santana, Érica Costa; Silva, Maria do Socorro Carvalho; Silva, Thalita Ribeiro Gomes da; Oliveira, Adelia Dalva da Silva; Ribeiro, Ivonizada Pires; Madeira, Maria Zélia de Araújo. Perfil de los pacientes sometidos a tratamientoen una clínica de hemodiálisisTeresina. Revista De Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2019; 11(1): 142-6. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P111142 [acceso: 24/04/2019]
Sección
Pesquisa
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: