Adesão dos profissionais de enfermagem às práticas educacionais

Accession of nursing professionals to educational practices

Adhesión de los profesionales de enfermería a las prácticas educacionales

  • Winnie Taíse Pena Macêdo Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Brena Melo Figueiredo Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Danielle Saraiva Tuma dos Reis Graduada em Enfermagem pela UFPA, Mestre em Patologia de Doenças Tropicais pela UFPA, Professora Adjunta da Escola de Enfermagem da UFPA
  • Silvia Helena Portilho Barros Graduada em Enfermagem pela UFPA, Especialista em Envelhecimento e Saúde do Idoso pela UFPA, Enfermeira Credenciada pelo Hospital Universitário João de Barros Barreto / UFPA
  • Maximira Carlota de Araújo Ramos Graduada em Enfermagem pela UFPA, Especialista em Saúde da Família, Enfermeira do Hospital Universitário João de Barros Barreto / UFPA
  • Silvio Eder Dias da Silva Graduado em Enfermagem pela UFPA, Doutor em Enfermagem, Professor do Departamento de Enfermagem da UFPA
Palabras clave: Educación en Salud, Enfermería, Capacitación
Key-words: Health education, Nursing, Training
Palavras chave: Educação em saúde, Enfermagem, Capacitação

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Montenegro LC. A formação profissional do enfermeiro: avanços e desafios para a sua atuação na Atenção Primária à Saúde. [dissertação]; Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG; 2010; [citado em: 20 mar 2017]. Disponível em: http://www.enf.ufmg.br/ pos/defesas/655M.PDF.
2. Ministério da Saúde (BR). Portaria GM/MS nº 198, de 13 de fevereiro de 2004. Institui a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. Diário Oficial da União; Brasília, DF, Seção 1, 2004.
3. Carotta F, Kawamura D, Salazar J. Educação permanente em saúde: uma estratégia de gestão para pensar, refletir e construir práticas educativas e processos de trabalhos. Saude Soc. [internet]. 2009[citado em: 22 mar 2017]; 18(1):48-51. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/sausoc/ article/view/29529.
4. Ricaldoni CAC, Sena RR. Permanent education: a tool to think and act in nursing work. Rev LatinoAm Enfermagem. [internet]. 2006[citado em: 18 mai 2017].14(6): 837-842. Disponível em: http://www.scielo. br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692006000600002&ln g=en&nrm=iso.
5. Jesus MCP, Figueiredo MAG, Santos SMR, Amaral AMM, Rocha LO, Thiollent MJM. Educação permanente em enfermagem em um hospital universitário. Rev Esc Enferm USP. [internet]. 2011[citado em: 18 mai 2017]; 45(5):1224-31. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ reeusp/v45n5/v45n5a28.
6. Duarte MLC, Oliveira AI. Compreensão dos coordenadores de serviços de saúde sobre educação permanente. Cogitare Enferm. [internet] 2012 [citado em: 9 dez 2016];17(3):506-12. Disponível em: http://www. redalyc.org/articulo.oa?id=483648964014.
7. Paschoal AS, Mantovani MF, Méier MJ. Percepção da educação permanente, continuada e em serviço para enfermeiros de um hospital de ensino. Rev Esc Enferm USP[internet]. 2007 [citado em: 9 dez 2016]; 41(3):478-84. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo. oa?id=361033291019.
8. Miccas FL, Batista SHSS. Educação permanente em saúde: metassíntese. Rev Saúde Pública[internet]. 2014 [citado em: 9 dez 2016];48(1):170-85. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=67237023019.
9. Barbosa VBA, Ferreira MLSM, Barbosa PMK. Educação permanente em saúde: uma estratégia para a formação dos agentes comunitários de saúde. Rev Gaúcha Enferm [internet]. 2012 [citado em: 11 dez 2016]; 33(1):56-63. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472012000100008&lng=en&nr m=iso.
10. Barth PO, Aires M, Santos JLG, Ramos FRS. Educação permanente em saúde: concepções e práticas de enfermeiros de unidades básicas de saúde. Ver Eletr Enf. [Internet]. 2014 [citado em: 11 dez 2016]; 16(3):604-11. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/ view/22020.
11. Vendruscolo C, Anastácio CA, Toldo J, Trindade LL, Zocche DAA. Educação permanente em saúde: percepção dos gestores do SUS na Macrorregião Oeste, em Santa Catarina. RECIIS – R Eletr de Com Inf Inov Saúde. [Internet].2013 [citado em: 16 jan 2016]; 7(4). Disponível em: https://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/ article/view/574.
12. Quintela FCA. Concepções de Educação Permanente em Saúde Difundidas Por Gestores. 2014. [Dissertação]. Universidade Federal do Espírito Santo. [citado em: 11 fev 2017]; Disponível em: http:// repositorio.ufes.br/handle/10/1659.
13. Ceccim RB, Ferla AA. Educação permanente em saúde. In: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, org. Dicionário da educação profissional em saúde. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz; 2006; 107-12.
14. Francisco AM, Guimarães CMC, Galli HC, Marmorato BHMDL. Avaliação da formação de enfermeiros: o reflexo dos métodos de ensinoaprendizagem e pressupostos curriculares na prática profissional. Avaliação [Internet]. 2016 [citado em: 16 jan 2017]; 21:479-502. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/2191/219146657009.pdf
15. Ciconet RM, Marques GQ, Lima MADS. Educação em serviço para profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU): relato da experiência de Porto Alegre-RS. Interface Comun Saúde Educ. [Internet]. 2008 [citado em: 16 jan 2017];12(26):659-66. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v12n26/a16.
16. Silva CT, Souto,VT, Roso CC, Terra MG. Educação permanente em saúde: percepção de profissionais de uma residência multidisciplinar. Rev Enferm UFSM [Internet]. 2014 [citado em: 18 jan 2017]; 3:627-635. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/11067/pdf.
17. Guimarães EMP, Martin SH, Rabel FCP. Educação permanente em saúde: reflexões e desafios. Cienc enferm. [Internet]. 2010 [citado em: 23 fev 2017]; 16(2):25-33. Disponível em: <http://www.scielo.cl/scielo. php?script=sci_arttext&.
18. Demo P. Saber pensar. 4a ed. São Paulo: Cortez, Instituto Paulo Freire; 2005.
19. Feliciano KVO, Kovacs MH, Costa IER, Oliveira MG, Araújo AMS. Avaliação continuada da educação permanente na atenção à criança na estratégia saúde da família. Rev Bras Saude Mater Infant. [Internet]. 2008 [citado em: 15 fev 2017]; 8(1):45-53. Disponível em: http://www. ingentaconnect.com/content/doaj/15193829/2008/00000008/000000 01/art00006.
20. Gonçalves CA, Cruz ENS, Campos RB, Almeida ML, Zilly A. Educação permanente em saúde para profissionais de enfermagem na região da Tríplice Fronteira de Foz do Iguaçu-Paraná. Almanaque Multidisciplinar de Pesquisa [Internet]. 2016 [citado em: 18 maio 2017];1(1). Disponível em: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/ index.php/amp/article/view/3878/2111

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Macêdo, Winnie Taíse Pena; Figueiredo, Brena Melo; Reis, Danielle Saraiva Tuma dos; Barros, Silvia Helena Portilho; Ramos, Maximira Carlota de Araújo; Silva, Silvio Eder Dias da. Adhesión de los profesionales de enfermería a las prácticas educacionales. Revista De Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2019; 11(4): 1058-64. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P10581064 [acceso: 20/09/2019]
Sección
Pesquisa
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: