Práticas de promoção da saúde para pessoa idosa: revisão integrativa da literatura

Health promotion practices for elderly people: an integrative literature review

Prácticas de promoción de la salud para personas mayores: revisión integrativa de la literatura

  • Joyce Lane Braz Virgolino da Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
  • Ronaldo Bezerra de Queiroz Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
  • Greicy Kelly Gouveia Dias Bittencourt Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
  • Olívia Galvão Lucena Ferreira Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
  • Valeria Peixoto Bezerra Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
  • Carmem Silvia Laureanno Dalle Piagge Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (João Pessoa, Paraíba, Brasil)
Palabras clave: Atención primaria a la salud, Salud de la familia, Promoción de la salud, Persona mayor
Key-words: Primary health care, Family health, Health promotion, Elderly
Palavras chave: Atenção primária à saúde, Saúde da família, Promoção da saúde, Pessoa idosa

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Guerra ACLC, Caldas CP. Dificuldades e recompensas no processo de envelhecimento: a percepção do sujeito idoso. Ciênc. saúde coletiva. 2010;15(6):2931-40.
2. Minayo MCS. O envelhecimento da população brasileira e os desafios para o setor saúde. Cad. saude pública. 2012;28(2):208-9.
3. Küchemann BA. Envelhecimento populacional, cuidado e cidadania: velhos dilemas e novos desafios. Soc. estado. 2012;27(1):165-80.
4. Duarte EC, Barreto SM. Transição demográfica e epidemiológica: a Epidemiologia e Serviços de Saúde revisita e atualiza o tema. Epidemiol. Serv. Saúde 2012; 21(4):529-32.
5. Brasil. Ministério da Saúde. Portaria no 2436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União, Brasília, 22 set. 2017. Seção I.Available at:http://www.brasilsus.com.br/index.php/ legislacoes/gabinete-do-ministro/16247-portaria-n-2-436-de-21-desetembro- de-2017
6. Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2006 [acesso em 02 nov 2017]. Available at: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_ promocao_saude.pdf
7. Buss PM, Carvalho AI. Desenvolvimento da promoção da saúde no Brasil nos últimos vinte anos (1988- 2008). Ciênc. saúde coletiva.2009; 14(6):2305-16.
8. Malta DC, Silva MMAS, Albuquerque GM, Lima CM, Cavalcante T, Jaime PC,Silva Júnior JB. A implementa- ção das prioridades da Política Nacional de Promoção da Saúde, um balanço, 2006 a 2014. Ciênc. saúde coletiva. 2014; 19(11):4301-11.
9. Brasil. Ministério da saúde. Portaria nº 2446, de 11 de novembro de 2014. Redefine a Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS). Brasília: Ministério da saúde; 2014 [acesso em 02 nov 2017]. Available at: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2014/ prt2446_11_11_2014.html
10. Brasil. Ministério da saúde. Portaria n. 399, de 22 de fevereiro de 2006. Divulga o Pacto pela Saúde 2006 – Consolidação do SUS e aprova as Diretrizes Operacionais do Referido Pacto. Brasília: Ministério da Saúde; 2006 [acesso em 02 nov 2017]. Available at:http://bvsms.saude. gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0399_22_02_2006.html
11. Brasil. Ministério da Saúde. Portaria MS n. 2.528, de 19 de outubro de 2006. Aprova a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Brasília: Ministério da saúde; 2006 [acesso em 02 nov 2017]. Available at: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/ prt2528_19_10_2006.html
12. Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 154, de 24 de Janeiro de 2008. Cria os Núcleos de Apoio à Saúde da Família – NASF. Brasília: Ministério da saúde; 2008[acesso em 02 nov 2017].Available at: http://bvsms.saude. gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt0154_24_01_2008.html
13. Brasil. Portaria nº 3124 de 28 de dezembro de 2012. Redefine os parâmetros de vinculação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) Modalidades 1 e 2 às Equipes Saúde da Família e/ou Equipes de Atenção Básica para populações específicas, cria a Modalidade NASF 3, e dá outras providências. Brasília: Ministério da Saúde; 2012 [acesso em 02 nov 2017]. Available at: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/ saudelegis/gm/2012/prt3124_28_12_2012.html
14. Saporetti GM; Miranda PSC; Belisario SA. O profissional de educação física e a promoção da saúde em Núcleos de Apoio à Saúde da Família. Trab. educ. saúde 2016 ago; 14(2):523-43.
15. Silva AG; Lima JG; Lira AC. Atuação do farmacêutico nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família: uma contribuição para o fortalecimento da Estratégia de Saúde da Família.Rev. APS. 2016 jan/mar; 19(1):14-23.
16. Vieira RS; Vieira RS. Saúde do idoso e execução da Política Nacional da Pessoa Idosa nas ações realizadas na atenção básica à saúde. Rev. direito sanit. 2016 mar/jun;17(1):14-37.
17. Ribeiro CD; Flores-Soares MC. Desafios para a inserção do fisioterapeuta na atenção básica: o olhar dos gestores. Rev. salud pública. [online]. 2015 [acesso em 02 nov. 2017]; 17(3):379-93.Available at: http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0124- 00642015000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
18. GOMES, Grace Angélica de Oliveira et al. Characteristics of physical activity programs in the Brazilian primary health care system.Cad. saúde pública. [online]. 2014 [acesso em 02 nov 2017]; 30(10):2155- 68.Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext&pid=S0102-311X2014001002155&lng=en&nrm=iso&tlng=en
19. Andrade AF; Lima MM; Monteiro NP; Silva VL. Avaliação das ações da Fonoaudiologia no NASF da cidade do Recife. Audiol., Commun. res. [online]. 2014 [acesso em 02 nov 2017]; 19(1):52-60.Available at: http://www.scielo.br/pdf/acr/v19n1/2317-6431-acr-19-1-0052.pdf
20. Guarda FRB; Silva RN; Silva SM; Santana PR. A atividade física como ferramenta de apoio às ações da Atenção Primária à Saúde. Rev. bras. ativ. fís. Saúde., Pelotas/RS 2014 mar; 19(2):265-70.
21. Souza FLD, Chacur EP, MRG, Silva LAM, Villela WV. Implantação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família: percepção do usuário. Saúde debate [Internet]. 2013 jun [acesso em 02 nov 2017]; 37(97): 233-40.Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext&pid=S0103-11042013000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
22. Cervato-Mancuso AM, Tonacio LV, Silva ER, Vieira VL. A atuação do nutricionista na Atenção Básica à Saúde em um grande centro urbano. Ciênc. saúde coletiva.[Internet]. 2012 dez [acesso em 02 nov 2017]; 17(12): 3289-300.Available at: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232012001200014
23. Reis DC, Flisch TMP, Vieira MHF, Santos-Junior WS. Perfil de atendimento de um Núcleo de Apoio à Saúde da Família na área de reabilitação, Município de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, Brasil, 2009. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2012 dez [acesso em 02 nov 2017]; 21(4): 663-74.Available at: http://scielo.iec.pa.gov.br/ scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-49742012000400016
24. Souza TT; Calvo MCM. Resultados esperados dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família: revisão de literatura. Saúde Soc. São Paulo 2016; 25(4): 976-87.
25. Scabar TG; Pelicioni AF; Pelicioni MCF. Atuação do profissional de Educação Física no Sistema Único de Saúde: uma análise a partir da Política Nacional de Promoção da Saúde e das Diretrizes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF-AB. J. Health Sci. Inst. 2012; 30(4):411-8.
26. Cardoso RR; Soares CMA. Grupo de idosos: promovendo qualidade de vida através de uma equipe multidisciplinar de saúde. RENEF, Montes Claros 2015; 4(Especial):39-40.
27. Pereira MCA; Santos LFS; Moura TNB; Pereira LCA; Landim MBP. Contribuições da socialização e das políticas públicas para a promoção do envelhecimento saudável: uma revisão de literatura. Rev. bras. promoç. saúde, Fortaleza 2016 jan/mar; 29(1): 124-31.
28. Viana DA; Martins LC; Gonçalves AM. Educação em saúde como estratégia para promoção do envelhecimento saudável – revisão integrativa da literatura. JCBS 2016, 1(3):50-8.
29. Tavares AA, Freitas LM, Silva FCM, Sampaio RF. (Re)Organização do cotidiano de indivíduos com doenças crônicas a partir da estratégia de grupo. Cad. Ter. Ocup. UFSCar 2012; 20 (1):95-105.
30. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Básica. Departamento de Atenção Básica. Diretrizes do NASF: Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Brasília; 2009.
31. Furtado GVN; Knuth AG. Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em Rio Grande/ RS: percepções sobre o trabalho realizado pela educação física. Rev. bras. ativ. fís. Saúde., Pelotas/RS 2015 set; 20(5):514-23.
32. Sá PHVO; Cury GC; Ribeiro LCC. Atividade física de idosos e a promoção da saúde nas unidades básicas. Trab Educ Saúde, Rio de Janeiro, 2016 mai/aug;14(2):545-58.
33. Brasil. Ministério da Saúde. Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Cadernos de Atenção Básica n. 39. Brasília, 2014b. 116 p.
34. Campos GWS. Saúde pública e saúde coletiva: campo e núcleo de saberes e práticas. Ciênc. saúde coletiva., Rio de Janeiro 2000; 5(2):219-30.
35. BritoMCC, FreitasCASL, MesquitaKO, Lima GK. Envelhecimento populacional e os desafios para a saúde pública: análise da produção científica. Rev. Kairós 2013 jun;16(3):161-78

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Silva, Joyce Lane Braz Virgolino da; Queiroz, Ronaldo Bezerra de; Bittencourt, Greicy Kelly Gouveia Dias; Ferreira, Olívia Galvão Lucena; Bezerra, Valeria Peixoto; Piagge, Carmem Silvia Laureanno Dalle. Prácticas de promoción de la salud para personas mayores: revisión integrativa de la literatura. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental. 2020; 12(1): 87-3. Disponible en: http://ciberindex.com/c/ps/P087093 [acceso: 18/01/2021]
Sección
Revisão Integrativa de Literatura
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: