Violência laboral e as relações trabalhistas no âmbito da saúde

Violencia laboral y relaciones laborales en el ámbito de la salud

  • Ana Thereza Macedo Pastor Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro, Brasil)
  • Rebeca Souza de Brito Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro, Brasil)
  • Fernanda de Carvalho Dantas Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro, Brasil)
  • Claudia de Carvalho Dantas Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro, Brasil)
Palavras chave: Violencia laboral, Relaciones laborales, Salud

Resumo

Bibliografía

1. Fontes KB, Pelloso SM, Carvalho MDB. Tendência dos estudos sobre assédio moral e trabalhadores de enfermagem. Rev Gaúcha Enferm. 2011; 32(4): 815-22.
2. Pai DD, Sturbelle ICS, Santos CD, Tavares JP, Liana LL. Violência física e psicológica perpetrada no trabalho em saúde. Texto Contexto Enferm, 2018; 27(1):e2420016.
3. Dahlberg LL, Krug EG. Violência: um problema global de saúde pública. Ciênc. saúde coletiva. 2006, vol.11, suppl., pp.1163-1178. [Access 27/06/2019]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232006000500007&script=sci_abstract&tlng=pt
4. Mendonça JMB, Siqueira MVS, Santos MAF, Medeiros, Violências no ambiente de trabalho. 2018. [Access 27/06/2019]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/psoc/v30/1807-0310-psoc-30-e176960.pdf
5. Roloff DIT, Cezar-Vaz MR, Bonow CA, Lautert L, Sant’Anna CF, Couto AM. Enfermeiros do trabalho: experiência interdisciplinar em saúde do trabalhador. Rev. Bras. Enferm. 2016, vol.69, n.5, pp.897-905. ISSN 0034-7167. [Access 25/07/2019]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v69n5/0034-7167-reben-69-05-0897.pdf
6. Vasconcellos IRR, Abreu AMM, Maia EL. Violência ocupacional sofrida pelos profissionais de enfermagem do serviço de pronto atendimento hospitalar. Rev Gaúcha Enferm., Porto Alegre (RS) 2012 jun;33(2):167-175.
7. Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. einstein. 2010; 8:102-6. [Access 27/06/2019]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/eins/v8n1/pt_1679-4508-eins-8-1-0102
8. Mendes KDS; Silveira RCCP; Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2008 Out-Dez; 17(4): 758-64. [Access 27/06/2019]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/18.pdf
9. FONTES KB, SANTANA RG, PELLOSO SM, CARVALHO MDB. Fatores associados ao assédio moral no ambiente laboral do enfermeiro. Rev. Latino-Am. Enfermagem. maio-jun. 2013
10. Pontes SC, JÚNIOR JJA, Silva FRS, Neto PAP, Silva HC. Medidas preventivas contra o assédio moral na enfermagem: estudo de revisão da literatura.
11. Nascimento APT, Maciel RH. Assédio Moral e Precarização dos Profissionais da Saúde. Universidade de Fortaleza – UNIFOR. 2012.
12. Rodriguez VA, Paravic TM. A model to investigate workplace violence in the health sector. 2013;34 (1):196-200.
13. Pedro DRC, Silva GKT, Lopes APAT, Oliveira JLC, Tonini NL. Occupational violence in the nursing staff: analysis in the light of the knowledge produced. Saúde debate 41(113) Apr-Jun 2017. [Access 27/06/2019]. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/sdeb/2017.v41n113/618-629/
14. Farias A, Sanchez J, Acevedo G. La violencia ocupacional em centros de atención primaria de la salud. Revista de Salud Pública, (XVI) 1:18-26, mar. 2012.
15. Fontes KB, Santana RG, Pelloso SM, Carvalho MDB. Fatores associados ao assédio moral no ambiente laboral do enfermeiro. Rev. Latino-Am. Enfermagem maio-jun. 2013;21(3).

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Pastor, Ana Thereza Macedo; de Brito, Rebeca Souza; Dantas, Fernanda de Carvalho; Dantas, Claudia de Carvalho. Violencia laboral y relaciones laborales en el ámbito de la salud. Paraninfo Digital. 2019; 13(29): . Disponible en: http://ciberindex.com/c/pd/e116 [acceso: 15/12/2019]
Sección
Revisión bibliográfica breve
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 5 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Rebeca Souza de Brito el 25/11/2019 a las 23:38:26:
Muito obrigada pelas considerações no trabalho
Andreia Mendes el 19/11/2019 a las 19:48:24:
Tema importante de ser debatido!

A violência laboral é um fato degradante, presente e atual. Alcança não somente o corpo físico, mas sim um conjunto de direitos protegidos, destacando a dignidade humana. Suas consequências afetam não somente a vítima de forma pontual, mas também o quadro de funcionários, a família e toda a sociedade.
Rebeca Souza de Brito el 18/11/2019 a las 00:23:09:
Muito obrigada pelo retorno!!!
Victórya el 16/11/2019 a las 18:42:21:
Muito importante a abordagem dessa temática. Ótimo trabalho.
Samia el 15/11/2019 a las 18:26:33:
Pesquisa de grande relevância para a nossa profissão, pois muitos enfermeiros não se apercebem vítimas de violência laboral, principalmente, por serem maioria do sexo feminino e aceitarem o silêncio como qualquer vítima de violência por medo de represálias. Cabe sim às instituições desenvolverem políticas de prevenção e proibição de violência no âmbito laboral e também a criação de um canal de denúncia.

Hay un total de 5 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: