Percepción de los padres de adolescentes depresivos en tratamiento ambulatorio psiquiátrico: estudio clínico cualitativo

Parents perception on depressive adolescents in treatment in psychiatric ambulatory: qualitative clinical study

Percepção dos pais de adolescentes depressivos em tratamento no ambulatório de psiquiatria: estudo clínico qualitativo

  • Gerusa Marcondes Pimentel de Abreu Lima Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil
  • Claudinei José Gomes Campos Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil
  • Larisa Rodrigues Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil
Palabras clave: Salud Mental, Investigación cualitativa
Key-words: Depression, Adolescence, Mental health, Qualitative research
Palavras chave: Depresión, Adolescencia, Parentalidade, Depressão, Adolescência, Salud Mental, Pesquisa qualitativa

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Melo AK, Siebra AJ, Moreira V. Depressão em Adolescentes: Revisão da Literatura e o Lugar da Pesquisa Fenomenológica. Psicologia Ciência e Profissão 2017; 37(1): 18-34. Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/1982-37030001712014 [acesso: 01/08/2017]. 2. Colavitte J, Silva FF, Garbi JP, Silva MO, Ribeiro RA, Cardoso HF. Depressão: crianças também sofrem com essa doença. Psicólogo Informação 2013; 17(17): 123-31. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-88092013000200009&lng=pt&tlng=pt [acesso: 20/06/2017]. 3. Radovic A, Reynolds K, McCauley HL, Sucato GS, Stein BD, Miller E. Parents. Role in Adolescent Depression Care: Primary Care Provider Perspectives 2015; 167(4):911-18. doi:10.1016/j.jpeds.2015.05.049 [acesso: 02/06/2017]. 4. Leroux J, Terradas MM. Fonction réflexive parentale et Trouble réactionnel de l’attachement: perspectives théoriques. La psychiatrie de l’enfant 2013; 56(1): 293-315. doi: 10.3917/psye.561.0293 [acesso: 29.07/2017]. 5. Trinco MEM, Santos JC, Barbosa A. Vivências e necessidades dos pais no internamento do filho adolescente com comporta-mento auto lesivo. Revista de Enfermagem Referência 2017; série IV(13):115-24 Disponível em https://doi.org/10.12707/RIV17008 [acesso: 10/06/2017]. 6. Turato ER. Tratado da metodologia da pesquisa clinico-qualitativa. Construção teórico-epistemológica, discussão comparada e aplicação nas áreas da saúde e humanas. 6ª ed. Petrópolis: Vozes, 2013. 7. Bardin L. Análise de Conteúdo. 4ed. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2011. 8. Winnicott DW. Pensando sobre crianças. Porto Alegre: Artmed, 1997. 9. Winnicott DW. Aspectos clínicos e metapsicológicos da regressão no contexto psicanalítico. En D. Winnicott (2000/1958). Da pediatria à psicanálise. Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicado em 1955[1954]; respeitando-se a classificação de Huljmand, temos 1955 [1954]). 2000. 10. Valdivia M, Silva D, Sanhueza F, Cova F, Melipillán R. Prevalencia de intento de suicidio adolescente y factores de riesgo asociados en una comuna rural de la provincia de Concepción. Rev. méd. Chile [Internet] 2015; 143 (3): 320-28. Disponível em http://dx.doi:/10.4067/S0034-98872015000300006 [acesso: 25/06/2017]. 11. Marques AKMC, Landim FLP, Collares PM, Mesquita RB. Apoio social na experiência do familiar cuidador. Ciência & Saúde Coletiva 2011; 16 (Supl. 1): 945-55. Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000700026 [acesso: 29/05/2017]. 12. Cardoso L, Vieira MV, Ricci MAM, Mazza RS. Perspectivas atuais sobre a sobrecarga do cuidador em saúde mental. Revista da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo 2012; 46(2):513-17. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342012000200033&lng=en [acesso: 15/05/2017] 13. Winnicott DW. O brincar e a realidade. Trad. José Octavio de Aguiar Abreu e Vanede Nobre. Rio de Janeiro: Imago, 1975. 14. Cruvinel M, Boruchovitch E. Compreendendo a depressão infantil. Petrópolis: Vozes, 2014. 15. Lewis AJ, Kinigth T, Germanov G, Benstead ML, Joseph CL, Poole L. The Impact on family functioning os social media use by depressed adolescent: A qualitative analysis of the family options study. Frontiers Psychiatriy 2015; 23(6): 131. https://doi.org/10.3389/fpsyt.2015.00131 [acesso: 02/05/2017]. 16. Abreu TO, Souza MB. A influência da internet nos adolescentes com ações suicidas. Revista Social & Humanas 2017; 30(1): 158-173. Disponível em http://dx.doi.org/10.5902/2317175825868 [acesso: 01/08/2017]. 17. Antunes HM, Campos CJG, Lima GMPA, Ferraz ILG. Motivos e crenças de familiares frente ao tratamento do transtorno depressivo na infância: Estudo qualitativo. Estudos de Psicologia (Natal). 2016; 21(2): 157-66. Disponível em http://dx.doi.org/10.5935/1678-4669.20160016 [acesso:13/06/2017]. 18. Winnicott D W. Natureza humana. Trad. David Litman Bogomoletz. Rio de Janeiro: Imago, 1988/1990. 19. Pompeo DA, Carvalho A, Olive AM, Souza MGG, Galera SAF. Strategies for coping with family members of patients with mental disorders. Rev.Latino-Am.Enfermagem, 2016; 24:e2799. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1311.2799doi:10.1590/1518-8345.1311.2799 [acesso: 03/08/2017].

Biografía del autor

Gerusa Marcondes Pimentel de Abreu Lima, Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil

Psicóloga, Doutoranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Enfermagem. Universidade Estadual de Campinas. Unicamp (Brasil). Filiada ao grupo de Pesquisa e Estudos Qualitativos em Saúde. Departamento de Enfermagem/UNICAMP- e Laboratório Clínico Qualitativo. Departamento de Psicologia Médica da FCM/UNICAMP.

Claudinei José Gomes Campos, Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil

Enfermeiro. Especialista em Enfermagem Psiquiátrica. Doutor em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas. Unicamp. Professor nas áreas de ensino de enfermagem em Saúde Mental  e Psiquiátrica, Enfermagem em Saúde Coletiva e Metodologia de Pesquisa. Professor pleno da Pós-Graduação na mesma Universidade. Membro do grupo de Pesquisa e Estudos Qualitativos em Saúde-NUPEQS.

Larisa Rodrigues, Faculdade de Enfermagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil

Enfermeira, Mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Enfermagem. Universidade Estadual de Campinas. Unicamp (Brasil). Filiada ao grupo de Pesquisa e Estudos Qualitativos em Saúde. Departamento de Enfermagem/UNICAMP- e Laboratório Clínico Qualitativo. Departamento de Psicologia Médica da FCM/UNICAMP

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Lima, Gerusa Marcondes Pimentel de Abreu; Campos, Claudinei José Gomes; Rodrigues, Larisa. Percepción de los padres de adolescentes depresivos en tratamiento ambulatorio psiquiátrico: estudio clínico cualitativo. Presencia. 4 de abril de 2018; 14. Disponible en: http://ciberindex.com/c/p/e11792 [acceso: 21/09/2018]
Sección
Originales
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 1 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Gloria Aldana el 26/06/2018 a las 02:08:55:
Una pregunta, percepción de qué?

Hay un total de 1 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: