Percepción de mujeres puérperas sobre su período posparto

Perception of Puerperal Women about their Postpartum Period

Percepção das puérperas sobre seu período pós-parto

  • Maria Helena Soares da Nóbrega Mazzo Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
  • Rosineide Santana de Brito Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
  • Iasmim Caroline Gomes Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
  • Maria Mônica Feitosa Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
  • Maria Suélhia Élica de Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
  • Evelyn Caroline Pessoa Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Rio Grande do Norte, Brasil)
Palabras clave: enfermería obstétrica, período postparto, salud de la mujer, emociones
Key-words: obstetric nursing, postpartum period, women’s health, emotions
Palavras chave: enfermagem obstétrica, período pós-parto, saúde da mulher, emoções

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

1. Rezende MF, Montenegro CAB. Obstetrícia fundamental. 12a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2013.
2. Coren. Protocolos de enfermagem na atenção primária à saúde [internet]. Rio de Janeiro (RJ): Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil; 2012 [citado 27 nov 2014]. Disponível em: https://docs.google.com/file/d/0B4Cug69w7jkxaWtNZ0ZMaEFFVFk/edit?pli=1
3. Ministério da Saúde de Brasil. Mortalidade materna no Brasil [internet]. Brasília: Secretaria de Vigilância à Saúde; 2012 [citado 15 ago 2014]. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/index.cfm?portal=pagina.visualizarTexto&codConteudo=6403&codModuloArea=783&chamada=boletim-1/2012-_-mortalidade-materna-no%20%20brasil
4. Mazzo MHSN, Brito RS. Empirical indicators of the affected human needs of puerperal women: A methodological study. Online Braz J Nurs [internet] 2015 Mar [citado 30 set 2016];14(1):41-50. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/460
5. Cabral FB, Oliveira DLC. Vulnerabilidade de puérperas na visão de equipes de saúde da família: ênfase em aspectos geracionais e adolescência. Rev Esc Enf USP [internet]. 2010 [citado 2014 dez 1];44(2):368-75. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v44n2/18.pdf
6. Ministério da Saúde de Brasil. Atenção ao pré-natal de baixo risco [internet]. Brasília: Secretaria de Atenção à Saúde-Departamento de Atenção Básica; 2012 [citado 15 nov 2014]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/cadernoatencao_pre_natal_baixo_risco.pdf
7. Ministério da Saúde de Brasil. Pré-natal e puerpério: atenção qualificada e humanizada. Manual técnico [internet]. Brasília: Secretaria de Atenção à Saúde-Departamento de Atenção Básica; 2005 [citado 15 nov 2014]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/prenatal_puerperio_atencao_humanizada.pdf
8. Polit DF, Beck CT. Fundamentos da pesquisa em enfermagem. 7a ed. Porto Alegre: Artmed; 2011.
9. Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.
10. Luz AMH, Berni NIO. Feminino e masculino: repercussões na saúde dos adolescentes. Em: Ramos FR, Nitschke RG, org. Projeto Acolher: um encontro da enfermagem com o adolescente brasileiro. Brasília (DF):ABEn; 2000. p. 37-47.
11. Martins CA, Siqueira KM, Tyrrell MAR, Barbosa NA, Carvalho SMS, Santos LV. Dinâmica familiar em situação de nascimento e puerpério. Rev Eletr Enf [internet]. 2008 [citado 15 set 2014];10(4):1015-25. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/revista/v10/n4/v10n4a13.htm
12. Strapasson MR, Nedel MNB. Puerpério imediato: desvendando o significado da maternidade. Rev Gaúcha Enferm [internet]. 2010 [citado 25 ago 2014];31(3):521-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v31n3/v31n3a16.pdf
13. Barreto CA, Silva LR, Christoffel MM. Aleitamento materno: a visão das puérperas. Rev Eletr Enf [internet]. 2009 [citado 20 dez 2014];11(3):605-11. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/revista/v11/n3/v11n3a18.htm
14. Acosta DF, Gomes VLO, Kerber NPC, Costa CFS. Influências, crenças e práticas no autocuidado das puérperas. Rev Esc Enferm USP [internet]. 2012 [citado 10 nov 2014];46(6):1327-33. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/reeusp/article/download/52819/56690
15. Kalinowski LC, Favero L, Carraro TE, Wall ML, Lacerda MR. Postpartum primipara at home and associated nursing care: A data-based theory. Online Braz J Nurs [internet]. 2012 Dec [citado 20 dez 2012];11(3):701-19. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3852/pdf
16. Penna LHG, Carinhanha JL, Rodrigues RF. A mulher no pós-parto domiciliar: uma investigação sobre essa vivência. Esc Anna Nery R Enferm [internet]. 2006 dez [citado 10 nov 2014];10(3):448-55. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v10n3/v10n3a13
17. Hunter LP, Rychnovsky JD, Yount SM. A selective review of maternal sleep characteristics in the postpartum period. JOGNN [internet]. 2009 [citado 22 set 2014];38:60-8. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1552-6909.2008.00309.x/pdf
18. Marques DM, Lemos A. Sexualidade e amamentação: dilemas da mulher/mãe. Rev Enferm UFPE on line [internet]. 2010 abr/jun [citado 22 set 2014];4(1):622-30. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/download/806/1310
19. Vettorazzi J, Marques F, Hentschel H, Ramos JG, Martins-Costa SH, Badalotti M. Sexualidade e puerpério: uma revisão da literatura. Rev HCPA [internet]. 2012 [citado 15 nov 2014];32(4):473-9. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/hcpa/article/view/32388/23916

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Mazzo, Maria Helena Soares da Nóbrega; Brito, Rosineide Santana de; Silva, Iasmim Caroline Gomes; Feitosa, Maria Mônica; Lima, Maria Suélhia Élica de; Silva, Evelyn Caroline Pessoa. Percepción de mujeres puérperas sobre su período posparto. Investigación En Enfermería: Imagen Y Desarrollo. 2018; 20(2): . Disponible en: http://ciberindex.com/c/id/20202id [acceso: 21/01/2019]
Sección
Artículos
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: