História da saúde: a tuberculose nas cartas para Esther (São Paulo, 1905-1919)

Health history: tuberculosis in letters to esther (São Paulo, 1905-1919)

Historia de la salud: tuberculosis en las cartas a Esther (São Paulo, 1905- 1919)

  • Paulo Fernando de Souza Campos Universidade de Santo Amaro (UNISA) (São Paulo, Brasil)
  • Daniele Nunes da Silva Universidade de Santo Amaro (UNISA) (São Paulo, Brasil)
Palabras clave: Historia de la salud, Cultura de los cuidados, Tuberculosis, Escritura epistolar, Investigación cualitativa
Key-words: Health history, Culture of care, Tuberculosis, Letter writing, Qualitative research
Palavras chave: História da saúde, Cultura dos cuidados, Tuberculose, Escrita epistolar, Investigação qualitativa

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

Anuário. (1910). Publicações. Campinas: UNICAMP Recuperado de http://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/a nuarios/1910.pdf
Bertolli Filho, C. (2001). História Social da Tuberculose e do Tuberculoso 1900-1950. Rio de Janeiro: FIOCRUZ.
Bertolli Filho, C. (2003) A gripe espanhola em São Paulo, 1918: epidemia e sociedade. São Paulo: Paz e Terra.
Burke, Peter. (1991) A Escola dos Annales 1929-1989. A revolução francesa da historiografia. São Paulo: Editora da UNESP.
Dosse, François. (2003) A História em migalhas. Dos Annales à Nova História. Bauru: Edusc.
Ginzburg, C. (1989). Sinais: raízes de um paradigma indiciário. En Mitos, Emblemas e Sinais. Morfologia e História. (pp.143-180). São Paulo: Companhia das Letras.
Gomes, A. de C. (org.). (2004). Escrita de si, escrita da História: à título de prólogo. (pp.7- 24). En escrita de si, escrita da História. Rio de Janeiro: FGV.
CISGES. (2019). Fontes. Cartas para Esther. São Paulo: UNISA. Recuperado de www.cisges.wordpress.com.
Gurgel, C. (2010). Ossos e doenças do passado. En Doenças e curas: Brasil nos primeiros séculos. (pp.42-46). São Paulo: Contexto.
IBGE. (2016). Estatísticas do século XX – populacionais, sociais, políticas e culturais. Brasília: IBGE. Recuperado de: http://seculoxx.ibge.gov.br/populacionaissociais- politicas-e-culturais/buscaportemas/ saude.html.
Malerba, J. (org.). (2006). A história escrita: teoria e história da historiografia. São Paulo: Contexto.
Mastromauro, G. C. (2013) As ações higienistas e a tuberculose em São Paulo (1890-1924) (Tese de doutorado não publicada). Instituto de Filosofia e Ciências – Universidade Estadual de Campinas, Campinas.
Monteiro, Y. N.; Carneiro, M. L. T. (2012) As doenças e os medos sociais. São Paulo: Fap-Unifesp.
Pesavento, S. J. (2007). Sensibilidades: escrita e leitura da alma. En Langue, F. (org.). Sensibilidades na história: memórias singulares e identidades sociais. (pp.9-21). Porto Alegre: UFRGS.
Pollak, M. (1989). Memória, Esquecimento, Silêncio. Estudos Históricos, 2(3), 3-15.
Sheppard, D. de S. (2001) A literatura médica brasileira sobre a peste branca: 1870- 1940. Hist. cienc. saúde-Manguinhos, (8) 1, 173-192.
Siles-Gonzáles, José. (2011) Antropologia dos cuidados. En Oguisso, Taka; Souza Campos, P. F. de; Freitas, Genival Fernandes de. Pesquisa em História da Enfermagem. (pp.34-111). São Paulo: Manole.
Sousa, J. P. (2011) A cólera, a tuberculose e a varíola: as doenças e seus corpos. En Priore, M. D., Amantino, M. (orgs.). História do corpo no Brasil. (pp. 223-250). São Paulo: Unesp.
Souza Campos, P. F. de; Maramaldo, J. R. V. (2017). História e Sentimento: Gênero e Masculinidade nas Cartas de Martiniano Medina (1908-1919). Gênero, 17(1),117- 137.
Vianna, P. V. C., Zanetti, V., Papali, M. A. (2014) Geografia, saúde e desenvolvimento urbano no interior paulista na passagem para o século XX: Domingos Jaguaribe e a construção da Estância Climática de Campos do Jordão. Hist. cienc. saúde-Manguinhos, (21) 4, 1341-1360

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Campos, Paulo Fernando de Souza; Silva, Daniele Nunes da. Historia de la salud: tuberculosis en las cartas a Esther (São Paulo, 1905- 1919). Cultura de los cuidados. 2020; (57): 173-85. Disponible en: http://ciberindex.com/c/cc/57173cc [acceso: 27/11/2020]
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 1 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Anesilda el 19/09/2020 a las 21:18:47:
Que riqueza de fonte de pesquisa - cartas de amor em tempos de dor/doença/isolamento social.
Não me contive.
Fui até o site do CISGES e fui agraciada com uma surpresa.
Pude ver de perto as imagens dos envelopes e da a caligrafia do remetente
das cartas para Esther.
Muito obrigada aos pesquisadores por nos proporcionar esse deleite!
Parabéns!

Hay un total de 1 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: