Perfil epidemiológico de casos de sífilis em gestantes em uma maternidade pública

Epidemiological profile of syphilis cases in pregnant in a public maternity

Perfil epidemiológico de los casos de sífilis en embarazadas en una maternidad pública

  • Lívia Carvalho Pereira Facultade IESM (Piauí, Brasil)
  • Vagner Ferreira dos Santos Facultade IESM (Piauí, Brasil)
  • Ana Carolina Dias Albuquerque Facultade IESM (Piauí, Brasil)
  • Camila Marinho Lages Facultade IESM (Piauí, Brasil)
  • Karla Joelma Bezerra Cunha Universidade do Vale do Paraíba (São Paulo, Brasil)
  • Deusiane Pereira da Silva Universidade Estadual do Piauí (Piauí, Brasil)
Palabras clave: Gestante, sífilis, sífilis en gestante, enfermería
Key-words: Pregnant, syphilis, syphilis in pregnant women, nursing
Palavras chave: Gestante, sífilis, sífilis em gestante, enfermagem

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

Araújo, C. L., Shimizu, H. E., Sousa, A. I. A., Hamann, E. M. (2006). Incidência da sífilis congênita no Brasil e sua relação com a Estratégia Saúde da Família. Revista de Saúde Pública, 46(3), 479-486.
Avelleira, J.C.R & Bottino, G. (2006). Sífilis: diagnóstico, tratamento e controle. Anais Brasileiros de Dermatologia, 81(2), 111-126.
Brasil (2000). Ministério da Saúde. Assistência prénatal: manual técnico. Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2006). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Sistema de Informação de Agravos de Notificação–SINAN: normas e rotinas / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2010). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Gestação de alto risco: manual técnico. Brasília: Ministério da Saúde. - Brasil (2010). Ministério da saúde. Sífilis: Estratégias para Diagnóstico no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde, Coordenação de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids.
Brasil (2015). Ministério da saúde. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT): Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) – CONITEC. Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2016). Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria Nº - 2.012, de 19 de outubro de 2016. Aprova o Manual Técnico para o Diagnóstico da Sífilis e dá outras providências. Diário Oficial da União de 20 de outubro de 2016; Seção 1. Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2016). Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Sífilis 2016. Secretaria de Vigilância em Saúde. V (35). Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2016). Ministério da Saúde. Protocolos da Atenção Básica: Saúde das Mulheres / Ministério da Saúde, Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa – Brasília: Ministério da Saúde.
Brasil (2016). Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Doenças Sexualmente transmissíveis, Aids e Hepatites Virais. – Brasília: Ministério da Saúde.
Campos, A. L. A., Araújo, M. A. L., Melo, S. P. & Gonçalves, M. L. C. (2010). Epidemiologia da sífilis gestacional em Fortaleza, Ceará, Brasil: um agravo sem controle. Cadernos de Saúde Pública, 26(9), 1747- 1755.
Figueiró-Filho, et al. (2007) Sífilis congênita como fator de assistência pré-natal no município de Campo Grande - MS. DST J Bras Doenças Sex Transm. 19(3/4):139-43.
Holanda, M. T. C. G, Barreto, M.A., Machado, K.M.M., Pereira, R.C. (2011). Perfil epidemiológico da sífilis congênita no Município do Natal, Rio Grande do Norte – 2004 a 2007. Epidemiol. Serv. Saúde. 20(2):203-212.
Lima, B. G. C, Costa, M. C. N & Dourado, M. I. C. (2008) Avaliação da qualidade do rastreamento de HIV/AIDS e sífilis na assistência pré-natal. Epidemiol Serv Saúde, 17 (2), 123-156.
OMS. (1996) Organização Mundial de Saúde. Maternidade segura: atenção ao nascimento normal: um guia prático. Genebra: Organização Mundial de Saúde.
OMS. (2008). Organização Mundial de Saúde. Eliminação Mundial da sífilis Congênita: Fundamento lógico e estratégia para ação. Genebra: Organização Mundial de Saúde

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Pereira, Lívia Carvalho; Santos, Vagner Ferreira dos; Albuquerque, Ana Carolina Dias; Lages, Camila Marinho; Cunha, Karla Joelma Bezerra; Silva, Deusiane Pereira da. Perfil epidemiológico de los casos de sífilis en embarazadas en una maternidad pública. Cultura De Los Cuidados. 2019; (54): 396-0. Disponible en: http://ciberindex.com/c/cc/54396cc [acceso: 17/10/2019]
Sección
Teoría y métodos enfermeros
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: