Globalização na pós-modernidade: críticas e contributos para a enfermagem

Globalization in postmodernity: criticism and contributions for nursing

Globalización en la postmodernidad: críticas y contribuciones para la enfermería

  • Antonio Jorge Silva Correa Júnior Enfermeiro. Mestrando em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará em “Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico
  • Mary Elizabeth de Santana Enfermeira. Pós-doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Gesiany Miranda Farias Enfermeira. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará em “Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico
  • Edson Costa Noronha Filósofo. Professor efetivo da Universidade Federal do Pará
Palabras clave: Globalización, posmodernidad, cultura postmoderna, educación en enfermería, bachillerato en enfermería, currículo
Key-words: Globalization, postmodernity, postmodern culture, nursing education, nursing baccalaureate, curriculum
Palavras chave: Globalização, pós-modernidade, cultura pós-moderna, educação em enfermagem, bacharelado em enfermagem, currículo

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

Bauman, Z. (1999). Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Zahar.
Bauman, Z. (2010). Capitalismo parasitário: e outros temas contemporâneos. Rio de Janeiro: Zahar.
Brasileiro, M. S. E., Ribeiro, Z. F. (2009). Mulher, Enfermagem, Saúde e Religião: reflexões sobre a luta pela emancipação. Revista Eletrônica de Enfermagem do Centro de Estudos de Enfermagem e Nutrição [serial on-line], 1(1):1-16. Available from: <https://www.ceen.com.br/midias/downloads/12022014174907.pdf>. Acesso em 05 de mai. 2017.
Cai, J., Coyte, P. C., & Zhao, H. (2017). Determinants of and socio-economic disparities in self-rated health in China. International Journal for Equity in Health, 16(1), 7.
Caron, E., Lefèvre, F., & Lefèvre, A. M. C. (2015). In the final analysis, are we a consumer society or not? Implications for health. Ciência & Saúde Coletiva, 20(1), 145-153.
Carvalho, V. D. (2011). Ethics and values in health care practice: philosophical, educational, and political considerations. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 45(SPE2), 1797-1802.
Castro-Molina, F.J. (2016). La enfermera victoriana: género e imperio. Cultura de los Cuidados (Edición digital), 20(46). Disponible en: <http://dx.doi.org/10.14198/cuid.2016.46.09> Acesso em 05 de mai. 2017.
Coelho, M. D. M. F., & Miranda, K. C. L. (2015). Educação para emancipação dos sujeitos: reflexões sobre a prática educativa de enfermeiros. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, 5(2), 1714-1721.
Fonseca, R. M. G. S. (2017). Enfrentando desafios em tempos de adversidades. Revista Brasileira de Enfermagem, 70(1), 1-2.
Geovanini, T., Dornelles, S., Moreira, A., Machado, W. C. A. (2002). A Enfermagem Moderna. Em História da Enfermagem: versões e interpretações (pp. 291-299). Rio de Janeiro: Revinter.
Ito, E. E., Peres, A. M., Takahashi, R. T., & Leite, M. M. J. (2006). O ensino de enfermagem e as diretrizes curriculares nacionais: utopia x realidade. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 40(4), 570-575.
Koerich, C. & Erdmann, A. L. (2016). Significados atribuídos pela equipe de enfermagem sobre educação permanente em uma instituição cardiovascular. Northeast Network Nursing Journal, 17(1), 93-102.
Labonté, R. (2016). Health promotion in an age of normative equity and rampant inequality. International Journal of Health Policy and Management, 5(12), 675.
Labonté, R., Cobbett, E., Orsini, M., Spitzer, D., Schrecker, T., & Ruckert, A. (2015). Globalization and the health of Canadians: ‘Having a job is the most important thing’. Globalization and health, 11(1), 19.
Mackey, A., & Bassendowski, S. (2017). The History of Evidence-Based Practice in Nursing Education and Practice. Journal of Professional Nursing, 33(1), 51-55.
Oguisso, T., & de Freitas, G. F. (2016). Cuidado–essência da identidade profissional de Enfermagem. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 50(2), 188-189.
Oliveira, K. R. E. D. & Braga, E. M. (2016). The development of communication skills and the teacher’s performance in the nursing student’s perspective. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 50(SPE), 32-38.
Oliveira, R. S., da Cruz Almeida, E., de Azevedo, N. M., de Almeida, M. A. P., & de Oliveira, J. G. C. (2016). Reflexões sobre as bases científicas e fundamentação legal para aplicação da Sistematização do Cuidado de Enfermagem. Revista Uniabeu, 8(20), 350-362.
Pereira, O. (2003). O que é teoria. São Paulo: Brasiliense.
Projeto de Lei 2891 de 2015. Altera a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que regulamenta o exercício da enfermagem, para nela incluir a obrigatoriedade de formação exclusivamente em cursos presenciais para os profissionais da área. Recuperado de <http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1381160&filename=PL+2891/2015> Acesso em 05 de mai. 2017.
Rosa, W. (2017). Immersing in Context: A Requisite for Socially Responsible Transcultural Nursing. Journal of Transcultural Nursing, 28(2), 117–118.
Santos, D. M. B. (2014). ZYGMUNT BAUMAN: Vida, obra e influências autorais. Cadernos Zygmunt Bauman, 4(8), 83-113.
Santos, P. L. P. (2013). Mercantilização da saúde e cidadania perdida: o papel do sus na reafirmação da saúde como direito social. Revista da UNIFEBE, 1(11). Disponível em: <http://periodicos.unifebe.edu.br/index.php/revistaeletronicadaunifebe/article/view/136/67> Acesso em 05 de mai. 2017.
Savieto, R. M., & Leão, E. R. (2016). Nursing assistance and Jean Watson: a reflection on empathy. Escola Anna Nery, 20(1), 198-202.
Sousa, M. D. S. T., Brandão, I. R., & Parente, J. R. F. (2015). A percepção dos enfermeiros sobre Educação Permanente em Saúde no contexto da Estratégia Saúde da Família de Sobral (CE). Revista Interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia, 2(7).
Sullivan, S. S., Mistretta, F., Casucci, S., & Hewner, S. (2017). Integrating social context into comprehensive shared care plans: A scoping review. Nursing Outlook, 1-10

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Júnior, Antonio Jorge Silva Correa; Santana, Mary Elizabeth de; Farias, Gesiany Miranda; Noronha, Edson Costa. Globalización en la postmodernidad: críticas y contribuciones para la enfermería. Cultura De Los Cuidados. 2019; (53): 265-74. Disponible en: http://ciberindex.com/c/cc/53265cc [acceso: 17/08/2019]
Sección
Teoría y métodos enfermeros
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: