O lazer como prática promotora de saúde mental na comunidade: relato de experiência

The leisure as a promoter practice in the mental health in the community: experience report

El ocio como práctica promotora de salud mental en la comunidad: relato de experiência

  • Janaína Paula Calheiros Pereira Sobral Universidade Federal de Alagoas (Maceió, Alagoas, Brasil)
  • Alana Maiara Brito Bibiano Universidade Federal de Pernambuco (Recife, Pernambuco, Brasil)
  • Nívia Madja dos Santos Silva Universidade Federal de Alagoas (Maceió, Alagoas, Brasil)
  • Jocelene Gonçalves de Almeida Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Maceió, Alagoas, Brasil)
  • Mariana Gomes Lima Avelino Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Maceió, Alagoas, Brasil)
  • Amanda Maria Monteiro Ferreira Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Maceió, Alagoas, Brasil)
Palabras clave: Salud mental, enfermería, actividades de ocio, nción primaria a la salud, promoción de la salud
Key-words: Mental health, nursing, leisure activities, primary health care, health promotion
Palavras chave: Saúde mental, enfermagem, atividades de lazer, atenção primária à saúde, promoção da saúde

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

Bacheladenski, M. S. & Matiello, J. E. (2010). Contribuições do campo crítico do lazer para a promoção da saúde. Ciênc. Saúde coletiva, 15(5) 2569-2579.
Baldissera, V. D. A. & Bueno, S. M. V. (2012). O lazer e a saúde mental das pessoas hipertensas: convergência na educação para a saúde. Rev esc enferm, 46(2) 380-387.
Brasil. (2013). Saúde mental. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica/ Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Brasília: Ministério da Saúde. Recuperado de http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/caderno_34.pdf
Brasil. (1990). Lei n. 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasilia: Ministério da Saúde. Recuperado de http://conselho.saude.gov.br/legislacao/lei8080_190990.htm
Dumazedier, J. (1999). A revolução cultural do tempo livre. São Paulo: Nobel.
Dumazedier, J. (2004). Lazer e Cultura Popular. São Paulo: Perspectiva.
Loss, S. N. (2008). Deficiência mental e lazer: um relato de experiência. Revista Digital, 13(127). 32-36.
Mafra, M. R. P. & Chaves, M. M. N. (2004). O processo de territorialização e a atenção à saúde no programa saúde da família. Fam. Saúde. Desenv, 6(2) 127-133.
Pedroza, A.P., Oliveira, F.B., Fortunato, M.L. & Soares, P.F.C. (2012). Articulação saúde mental e economia solidária: relato de projeto de inclusão social. Rev Rene, 13(2) 454-462.
Pondé, M. P. & Caroso, C. (2003). Lazer como fator de proteção da saúde mental. Rev. Ciênc Med., 12(2) 163-172.
Ribas, J. B. C. (1995). Viva a Diferença. Convivendo Com Nossas Restrições ou Deficiências. São Paulo: Moderna, 1995.
Souza, I. C. et al. (março de 2009). Assistência prestada pela enfermagem aos pacientes com doença mental. Webartigos. Recuperado de http://www.webartigos.com/artigos/assistencia-prestada-pela-enfermagem-aos-pacientes-com-doenca-mental/16066
Tinsley, H. E., Teaff, J.D., Colbs, S.L. & Kaufman, N. (1985). A system of classifying leisure activities in tnerms of psychological benefits of participatin reportede by older persons. J. gerentol, 40(2) 72-78

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Sobral, Janaína Paula Calheiros Pereira; Bibiano, Alana Maiara Brito; Silva, Nívia Madja dos Santos; Almeida, Jocelene Gonçalves de; Avelino, Mariana Gomes Lima; Ferreira, Amanda Maria Monteiro. El ocio como práctica promotora de salud mental en la comunidad: relato de experiência. Cultura De Los Cuidados. 2018; (52): 189-94. Disponible en: http://ciberindex.com/c/cc/52189cc [acceso: 25/08/2019]
Sección
Antropología
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: