El proceso de creación del curso de especialización en Enfermería Obstétrica, modalidad de residencia, en la red municipal de salud de Rio de Janeiro, Brasil

The creation process of the specialization course in Obstetric Nursing, residency modality, in the municipal health network of Rio de Janeiro, Brazil

O processo de criação do curso de especialização em Enfermagem Obstétrica, modalidade de residência, na rede municipal de saúde do Rio de Janeiro, Brasil

  • Adriana Lenho de Figueiredo Pereira Departamento de Enfermagem Materno-Infantil. Faculdade de Enfermagem. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Brasil)
  • Ricardo José Oliveira Mouta Departamento de Enfermagem Materno-Infantil. Faculdade de Enfermagem. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Brasil)
  • Dayane Silva Palha Barbosa Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Brasil)
Palabras clave: Enfermería, Enfermería Obstétrica, Historia de la Enfermería, Educación en Enfermería
Key-words: Nursing, Obstetric Nursing, History of Nursing, Nursing Education
Palavras chave: Enfermagem, Enfermagem Obstétrica, História da Enfermagem, Educação em Enfermagem

Resumen

Abstract

Resumo

Bibliografía

Amorim, T., & Gualda, D. M. R. (2011). Coadjuvantes das mudanças no contexto do ensino e da prática da enfermagem obstétrica. Rev Rene, 12(4), 833-840.
SECRETARIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE (2012). Edital nº 21, de 5 de setembro de 2012 (BR). Processo seletivo destinado à oferta de bolsas para o Programa Nacional de Residência em Enfermagem Obstétrica (PRONAENF). Diário Oficial da União. Recuperado de https://www.jusbrasil.com.br/diarios/40314104/dou-secao-3-06-09-2012-pg-136.
Lei nº 11.129, de 30 de junho de 2005(2005). Institui o Programa Nacional de Inclusão de Jovens – ProJovem, cria o Conselho Nacional da Juventude – CNJ e a Secretaria Nacional de Juventude, altera as Leis no s 10.683e 10.429 e dá outras providências. Brasília, DF: CNJ Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11129.htm
Ministério da Saúde. Programa de humanização no pré-natal e nascimento, 2000. Brasília: Ministério da Saúde.
Costa, A. A. N. M., & Schirmer, J. (2012). A atuação dos enfermeiros egressos do curso de especialização em obstetrícia no nordeste do Brasil: da proposta à operacionalização. Esc Anna Nery Rev Enferm, 16(2), 332-339.
Erdmann, A. L., Fernandes, J. D., & Teixeira, G. A.(2011). Panorama da educação emenfermagem no Brasil: graduação e pós-graduação. Enfermagem em Foco, 2(Supl. 1),89-93.
Lima, G. P. V., Pereira, A. L. F., Guida, N. F. B., Progianti, J. M., Araújo, C. L. F., & Moura, M.A. V. (2015). Expectativas, motivações epercepções das enfermeiras sobre aespecialização em enfermagem obstétrica namodalidade residência. Esc Anna Nery RevEnferm,19(4), 593-599.
Minayo, M. C. S. (2006). O desafio doconhecimento: pesquisa qualitativa em saúde.São Paulo: Hucitec.
Moura, C. F. S., Lopes, G. T., & Santos, T. C. F.(2009). Humanização e desmedicalização daassistência à mulher: do ensino à prática. Revenferm UERJ, 17,(2),182-187.
Narchi, N. Z., Cruz, E. F., & Gonçalves, R.(2013). O papel das obstetrizes e enfermeirasobstetras na promoção da maternidade segura noBrasil. Ciênc saúde coletiva, 18(4),1059-1068.
Oliveira, A. S., Damasceno, A. K. C., Moraes, J.L., Moreira, K. A. P., Teles, L. M. R., & GomesL.F. S. (2014). Technology used by companionsin labor and childbirth: a descriptive study.Online braz j nurs,13(1), 36-45. Recuperado dehttp://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/4254
Pereira, A. L. F., & Nicácio, M. C. (2014).Formação e inserção profissional das egressas docurso de residência em enfermagem obstétrica.Rev enferm UERJ, 22(1), 50-60.
Pereira, A. L. F. (2013). As Políticas Públicasbrasileiras para a formação e qualificação dasenfermeiras para a assistência ao parto enascimento: a experiência de formação, inserçãoe fixação de enfermeiras obstétricas nomunicípio do Rio de Janeiro. Anais do VIIICOBEON, Florianópolis, SC, Brasil.
Pereira, A. L. F., & Moura, M. A. V. (2009).Hegemonia e contra hegemonia no processo deimplantação da Casa de Parto no Rio de Janeiro. Rev Esc Enferm USP,43(4), 872-879.
Progianti, J. M., & Mouta, R. J. O. (2009). A enfermeira obstétrica: agente estratégico na Implantação de práticas do modelo humanizado em Maternidades. Rev enferm UERJ, 17(2), 165-169.
Rattner, D. (2014). Da Saúde Materno-Infantil ao PAISM. Tempus, actas de saúde colet, 8 (2), 103-108.
Rosa, S. D., & Lopes, R. E. (2009). ResidênciaMultiprofissional em Saúde e Pós-GraduaçãoLato Sensu no Brasil: apontamentos históricos.Revista Trabalho, Educação, Saúde, 5(3),479-498.
Sacramento, M. T. P., & Tyrrell, M. A. R.(2006). Vivências das enfermeiras nos cursos deespecialização em enfermagem obstétrica. RevEnferm UERJ, 14(3), 425-433.
Silva, M. G., Fernandes, J. D., Teixeira, G. A.S., & Silva, R. M. O. (2010). Processo deformação da(o) enfermeira(o) nacontemporaneidade: desafios e perspectivas.Texto Contexto-Enferm, 19(1), 176-184.
Souza, M. H. N., & Tyrrell, M. A. R. (2011).Políticas de salud a la mujer en Brasil, 1974-2004 / Políticas de saúde para a mulher noBrasil, 1974-2004. Rev enferm UERJ, 19(1), 70-76.
Vargens, O. M. C., & Progianti, J. M. (2004). Oprocesso de desmedicalização da assistência àmulher no ensino de enfermagem Rev EscEnferm USP, 38(1),46-50

Novedades
Estadísticas
Cómo citar
1.
Pereira, Adriana Lenho de Figueiredo; Mouta, Ricardo José Oliveira; Barbosa, Dayane Silva Palha. El proceso de creación del curso de especialización en Enfermería Obstétrica, modalidad de residencia, en la red municipal de salud de Rio de Janeiro, Brasil. Cultura De Los Cuidados. 24 de octubre de 2018; (51). Disponible en: http://ciberindex.com/c/cc/51114cc [acceso: 14/11/2018]
Sección
Antropología
Comentarios

DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario: